Saudades: história de menina e moça
Free
Saudades: história de menina e moça
By Bernardim Ribeiro
Free
Book Description

Table of Contents
  • ADVERTENCIA
    • (DA 1.ª EDIÇÃO)
  • SAUDADES
    • (História de Menina e moça) DE BERNARDIM RIBEIRO
    • Capitulo I
      • Em que a donzela começa a sua historia
    • Em que a donzela começa a sua historia
    • Capitulo II
      • Em que a donzela vae prosseguindo a sua historia
    • Em que a donzela vae prosseguindo a sua historia
    • Capitulo III
      • Da conta que a dona dá á donzela de sua vinda áquela terra
    • Da conta que a dona dá á donzela de sua vinda áquela terra
    • Capitulo IV
      • Das palavras que a dona com a donzela passou
    • Das palavras que a dona com a donzela passou
    • Capitulo V
      • Do que Lamentor passou n'aquela parte onde foi aportar com a sua nau, e da batalha que teve com o cavaleiro da ponte e do que mais lhe sucedeu
    • Do que Lamentor passou n'aquela parte onde foi aportar com a sua nau, e da batalha que teve com o cavaleiro da ponte e do que mais lhe sucedeu
    • Capitulo VI
      • Em que se diz a razão por que o cavaleiro da ponte sustinha aquele passo, e de como sua irman ali veio ter
    • Em que se diz a razão por que o cavaleiro da ponte sustinha aquele passo, e de como sua irman ali veio ter
    • Capitulo VII
      • Como, depois de partida a irman do cavaleiro da ponte, por aprazer aquele lugar a Lamentor, ordenára fazer ali seu assento
    • Como, depois de partida a irman do cavaleiro da ponte, por aprazer aquele lugar a Lamentor, ordenára fazer ali seu assento
    • Capitulo VIII
      • De como a Belisa vieram em crescimento as dores do parto, e, parindo uma criança, faleceu
    • De como a Belisa vieram em crescimento as dores do parto, e, parindo uma criança, faleceu
    • Capitulo IX
      • Do pranto que Aonia fez pela morte de sua irman Belisa
    • Do pranto que Aonia fez pela morte de sua irman Belisa
    • Capitulo X
      • De como Narbindel, vindo a combater com o cavaleiro da ponte, vendo o pranto que se fazia na tenda de Lamentor, entrou dentro para o consolar
    • De como Narbindel, vindo a combater com o cavaleiro da ponte, vendo o pranto que se fazia na tenda de Lamentor, entrou dentro para o consolar
    • Capitulo XI
      • De como se deu sepultura ao corpo de Belisa, e do pranto que com êle fez Lamentor
    • De como se deu sepultura ao corpo de Belisa, e do pranto que com êle fez Lamentor
    • Capitulo XII
      • Do que sucedeu ao cavaleiro, que saiu da tenda, vencido do parecer e formosura da senhora Aonia
    • Do que sucedeu ao cavaleiro, que saiu da tenda, vencido do parecer e formosura da senhora Aonia
    • Capitulo XIII
      • Em que se diz quem fosse Cruelcia e do que o cavaleiro passou com seu escudeiro
    • Em que se diz quem fosse Cruelcia e do que o cavaleiro passou com seu escudeiro
    • Capitulo XIV
      • De como, partido o escudeiro do cavaleiro da tenda, entrou em pensamentos de como se separaria d'êle, e mudaria o nome
    • De como, partido o escudeiro do cavaleiro da tenda, entrou em pensamentos de como se separaria d'êle, e mudaria o nome
    • Capitulo XV
      • De como Bimnarder soube de um servidor de Lamentor que este ordenava fazer ali uns paços e do mais que lhe aconteceu com a sombra que lhe apareceu
    • De como Bimnarder soube de um servidor de Lamentor que este ordenava fazer ali uns paços e do mais que lhe aconteceu com a sombra que lhe apareceu
    • Capitulo XVI
      • De como, estando Bimnarder muito pensativo no que faria, viu de subito vir o seu cavalo fugindo d'uns lobos que o queriam matar
    • De como, estando Bimnarder muito pensativo no que faria, viu de subito vir o seu cavalo fugindo d'uns lobos que o queriam matar
    • Capitulo XVII
      • De como Bimnarder assentou vivenda com o maioral do gado, e do que a donzela passou com a dona em sua historia
    • De como Bimnarder assentou vivenda com o maioral do gado, e do que a donzela passou com a dona em sua historia
    • Capitulo XVIII
      • Em que a ama dá razão á donzela da cantiga de Bimnarder
    • Em que a ama dá razão á donzela da cantiga de Bimnarder
    • Capitulo XIX
      • De como conta a ama á senhora Aonia o que vira fazer ao pastor acabada a cantiga
    • De como conta a ama á senhora Aonia o que vira fazer ao pastor acabada a cantiga
    • Capitulo XX
      • Da peleja que o touro do pastor teve com outro alheio e de como o matou; a qual Aonia estava vendo do eirado
    • Da peleja que o touro do pastor teve com outro alheio e de como o matou; a qual Aonia estava vendo do eirado
    • Capitulo XXI
      • De que maneira Bimnarder se viu com Aonia
    • De que maneira Bimnarder se viu com Aonia
    • Capitulo XXII
      • De como Bimnarder, estando na fresta da camara de Aonia, se pôs devagar a ouvir a ama
    • De como Bimnarder, estando na fresta da camara de Aonia, se pôs devagar a ouvir a ama
    • Capitulo XXIII
      • Do singular conselho que deu a ama á senhora Aonia pelo que suspeitou dos seus amores
    • Do singular conselho que deu a ama á senhora Aonia pelo que suspeitou dos seus amores
    • Capitulo XXIV
      • Em que se conta o mais que a ama passou com a senhora Aonia ácerca de Bimnarder
    • Em que se conta o mais que a ama passou com a senhora Aonia ácerca de Bimnarder
    • Capitulo XXV
      • De como Bimnarder, pela fresta do aposento de Aonia, lhe falou
    • De como Bimnarder, pela fresta do aposento de Aonia, lhe falou
    • Capitulo XXVI
      • De como Bimnarder, estando na fresta de Aonia, adormeceu, e se lhe foram, por sonho, os pès, e caiu
    • De como Bimnarder, estando na fresta de Aonia, adormeceu, e se lhe foram, por sonho, os pès, e caiu
    • Capitulo XXVII
      • De como a ama, sentindo de noite o estrondo da queda, o que sobre isto fez quando foi manhan
    • De como a ama, sentindo de noite o estrondo da queda, o que sobre isto fez quando foi manhan
    • Capitulo XXVIII
      • De como, estando da queda Bimnarder muito doente, Aonia buscou maneira por onde o fosse visitar
    • De como, estando da queda Bimnarder muito doente, Aonia buscou maneira por onde o fosse visitar
    • Capitulo XXIX
      • De como Lamentor casou Aonia com o filho de um cavaleiro seu comarcão, e do que Enis aconselhou a Aonia que fizesse
    • De como Lamentor casou Aonia com o filho de um cavaleiro seu comarcão, e do que Enis aconselhou a Aonia que fizesse
    • Capitulo XXX
      • De como Fileno, o marido de Aonia, desejoso de a ter em seu poder, a levou de casa de Lamentor muito acompanhada
    • De como Fileno, o marido de Aonia, desejoso de a ter em seu poder, a levou de casa de Lamentor muito acompanhada
    • Capitulo XXXI
      • Em que se diz a grande dor que sentiu Aonia em seu casamento
    • Em que se diz a grande dor que sentiu Aonia em seu casamento
    • INDICE
    No review for this book yet, be the first to review.
      No comment for this book yet, be the first to comment
      You May Also Like
      Also Available On
      App store smallGoogle play small
      Categories
      Curated Lists
      • Pattern Recognition and Machine Learning (Information Science and Statistics)
        by Christopher M. Bishop
        Data mining
        by I. H. Witten
        The Elements of Statistical Learning: Data Mining, Inference, and Prediction
        by Various
        See more...
      • CK-12 Chemistry
        by Various
        Concept Development Studies in Chemistry
        by John Hutchinson
        An Introduction to Chemistry - Atoms First
        by Mark Bishop
        See more...
      • Microsoft Word - How to Use Advanced Algebra II.doc
        by Jonathan Emmons
        Advanced Algebra II: Activities and Homework
        by Kenny Felder
        de2de
        by
        See more...
      • The Sun Who Lost His Way
        by
        Tania is a Detective
        by Kanika G
        Firenze_s-Light
        by
        See more...
      • Java 3D Programming
        by Daniel Selman
        The Java EE 6 Tutorial
        by Oracle Corporation
        JavaKid811
        by
        See more...